sábado, 18 de fevereiro de 2012

four..

estou a escrever para ti, pela ultima vez acredita. apenas para te dizer o que sinceramente penso de ti. sabes, eu acho-te lindo, e encantador, como sempre te admiti, gosto de ti por seres inocente, sem notares, e por apesar de te armares em bom, e em convencido, eu sei, sei bem que és sensível, nem sempre és confiante, e precisas de um apoio incondicional. conheço-te bem o suficiente para saber que para mim, essas tuas qualidades foram aquelas que me aproximaram de ti, de uma maneira que não esperava. mas, também tens defeitos, e não são poucos, és otário, não sabes o que queres, magoaste e magoas os outros, sabes ser insensível, e covarde.. foste covarde o suficiente para me dizeres que nem amigo querias ser, por teres medo dos meus sentimentos, foste covarde o suficiente, para não me enfrentares quando disseste isso. és obcecado, desculpa dizer isso, mas é o que me dás a entender, estás obcecado pelo teu passado, e não percebeste que só te vais magoar mais. mas eu, não posso fazer mais, e por isso. pela ultima vez, digo-te:
adeus, até um dia.

9 comentários:

  1. porque dizes isso? se não gostasse de ti não tinha havido o que houve entre vocês /:

    ResponderEliminar
  2. este texto está tão verdadeiro! adorei.

    ResponderEliminar
  3. de nada, espero que fiques bem.

    ResponderEliminar
  4. obrigado, e sabes que podes contar comigo sempre que precisares doce *

    ResponderEliminar
  5. obrigado mesmo :') igualmente.

    ResponderEliminar

escreve o que te vai na alma. ♥